O Adestramento Cognitivo Emocional

 

O adestramento cognitivo emocional se baseia no estudo e aproveitamento das capacidades emocionais, sociais e cognitivas dos cães. As pesquisas atuais demonstram cientificamente que os cães geram comportamento baseados em múltiplos processos. Condutas inatas, resolução de problemas, empatia e ,principalmente, afeto,  são alguns dos motores de conduta, que se corretamente aproveitados e desenvolvidos, levarão o adestramento e a educação do seu cão muito além do que condutas realizadas pela expectativa individual de receber um premio ou, ainda pior, um estimulo aversivo.Nossos cães nos adoram, sentirem-se queridos e integrados ao seu grupo familiar é um objetivo muito importante para eles, e temos que levar isso em conta na hora de educa-los.

Adestramento de Obediência Básica

 

O sistema de adestramento cognitivo emocional consegue tornar fácil e divertido o adestramento de seu melhor amigo. O adestramento de obediência integra o cão com seu dono e o entorno, servindo de ferramenta para o desenvolvimento de pautas adequadas de relação, tornando a convivência tranquila e prazerosa; além de trabalhar a comunicação entre ambos e estabelecer a liderança do dono.

O adestramento é feito próximo ao seu domicilio, duas ou três vezes por semana, e o ideal é que você participe o máximo possível, visando a sua total integração com o cão.

 

 

Educação Canina

 

 

Um cão educado é um cão capaz de conviver plenamente com seus companheiros humanos, respeitando limites e regras e desfrutando ao máximo da sua companhia.  E por serem animais estritamente sociais, essa convivência ajuda muito a manter o seu sistema regulatório equilibrado.

Agora, como ensinar um cão? De que maneira ele aprende? Com esse conhecimento, qualquer um é capaz de ter o melhor companheiro do mundo.

A maioria das condutas indesejadas normalmente são ensinadas por nós mesmos, involuntariamente, por ignorância ou distração.

 

 

Correção de Condutas

 

 

Muitas vezes, por falta de conhecimento, acabamos reforçando comportamentos que não queremos e, quando percebemos, nosso cão já desenvolveu várias condutas que não desejamos, tais como roubar comida, ou subir nas  coisas e nas pessoas, ou, no pior dos casos,  desenvolvendo fobias, como medo de eletrodomésticos, ou mesmo de estranhos.
Através de uma análise do seu caso, o ajudaremos  a compreender o por quê desses comportamentos e como lidar com eles.